IF YOU ARE FULLY VACCINATED
CDC has updated its guidance for people who are fully vaccinated. See Recommendations for Fully Vaccinated People.
IMPORTANT UPDATE FOR SCHOOLS
CDC recommends schools continue to use the current COVID-19 prevention strategies for the 2020-2021 school year. Learn more
Important update: Healthcare facilities
CDC has updated select ways to operate healthcare systems effectively in response to COVID-19 vaccination. Learn more

Após viagens internacionais

Após viagens internacionais

Você pode ter sido exposto ao coronavírus em suas viagens. Você pode estar se sentindo bem e não apresentar sintomas, mas ainda pode estar infectado e acabar transmitindo o vírus para outras pessoas. Você e seus acompanhantes de viagem (incluindo filhos) representam um risco para seus familiares, amigos e para sua comunidade durante 14 dias após você ter voltado de viagem.

Informações depois da viagem para pessoas completamente vacinadas com uma vacina autorizada pela FDA ou uma vacina autorizada para uso emergencial pela OMS:

  • Realize o teste com um teste viral 3 a 5 dias após a viagem.
    • Se o resultado for positivo, faça o autoisolamento para se proteger e proteger os outros da infecção.
  • Realize o automonitoramento para sintomas da doença do coronavírus 2019 (coronavirus disease 2019, COVID-19); se isole e faça o teste se desenvolver sintomas.
  • Siga todas as recomendações ou exigências estaduais e locais após viajar.

Informações após a viagem para pessoas não vacinadas:

  • Faça o teste com um teste viral 3 a 5 dias depois da viagem E fique em casa em autoquarentena por 7 dias completos após a viagem.
    • Mesmo se você testar negativo, fique em casa em autoquarentena por 7 dias completos.
    • Se o resultado for positivo, faça o autoisolamento para se proteger e proteger os outros da infecção.
  • Se você não fizer o teste, fique em casa em autoquarentena por 10 dias após a viagem.
  • Evite ficar próximo de pessoas que têm maior risco de doença grave por 14 dias, independentemente de ter sido testado ou não.
  • Realize o automonitoramento para sintomas da doença do coronavírus 2019 (coronavirus disease 2019, COVID-19); se isole e faça o teste se desenvolver sintomas.
  • Siga todas as recomendações ou exigências estaduais e locais.

Você recebeu a vacinação completa?

As pessoas são consideradas completamente vacinadas:

  • duas semanas depois da segunda dose de uma vacina de duas doses, como as vacinas da Pfizer ou da Moderna; ou
  • duas semanas depois da dose de uma vacina de dose única, como a vacina da Janssen, da Johnson & Johnson.

Caso não atenda a esses requisitos, você NÃO recebeu a vacinação completa.

Informações para pessoas que se recuperaram de uma infecção documentada de COVID-19 nos últimos 3 meses:

Siga todas as exigências e recomendações para passageiros que completaram o programa de vacinação, exceto que você NÃO precisa realizar o teste 3 a 5 dias após a viagem nos Estados Unidos, a não ser que você apresente sintomas da COVID-19. Sabemos que as pessoas ainda podem apresentar teste positivo por até 3 meses após terem a COVID-19 e não infectarem outras pessoas.

O que fazer se você adoecer depois da viagem ou testar positivo

Independentemente do seu estado de vacinação, se você ficar doente e apresentar febre, tosse ou outros sintomas de COVID-19, ou testar positivo:

  • Faça o autoisolamento se você estiver doente. Fique em casa e tome outras precauções. Evite o contato com outras pessoas até que seja seguro encerrar seu isolamento em casa.
  • Não viaje quando se sentir doente ou indisposto.
  • Você pode estar com COVID-19. Caso tenha contraído a doença, saiba que a maioria das pessoas se recupera em casa, sem assistência médica.
  • Mantenha contato com seu médico. Ligue antes de ir a um consultório médico ou pronto-socorro, e informe sobre a possibilidade de você estar com COVID-19.
  • Se você apresentar algum sinal de alerta (inclusive problemas respiratórios), busque assistência médica imediatamente.
  • Caso conviva com outras pessoas em espaços limitados, tome precauções adicionais para protegê-las.

Se tiver uma consulta médica que não possa ser adiada, ligue antes para o consultório e informe que você tem ou pode estar com COVID-19. Isso ajudará a proteger os profissionais e os pacientes do consultório. Consulte a página do CDC sobre O que fazer se você estiver doente para mais informações.

* Estas orientações se aplicam a vacinas contra a doença do coronavírus 2019 (COVID-19) autorizadas atualmente para uso emergencial pela Agência Federal de Alimentos e Medicamentos (FDA) dos EUA: vacinas contra a COVID-19 da Pfizer-BioNTech, Moderna e Johnson and Johnson (J&J)/Janssen.  Estas orientações também se aplicam a vacinas contra a COVID-19 que foram autorizadas para uso emergencial pela Organização Mundial da Saúde (OMS), por exemplo, a vacina da AstraZeneca/Oxford. Consulte o site da OMSexternal icon para obter mais informações sobre vacinas contra a COVID-19 autorizadas pela OMS.